5 Vasco x Portuguesa 0- Narração: José Cabral

Prezados rádio-nautas,

aqui vai uma narração histórica, com a data em 1982, na vitória do Vasco da Gama, venceu a Portuguesa do Rio(Ilha do Governador), por 5 a 0.

A narração é do “Moço da Maricota” e curiosamente vascaíno, José Cabral, pela Rádio Nacional do Rio de Janeiro(KHz 1130 AM), com a ponta do radialista Mário Silva, hoje comentarista, cujo slogan é o “comentarista que não esconde o jogo”.

Narração Histórica de Oduvaldo Cozzi

Caros leitores-ouvintes,
 convido vocês, a viajarem pelo túnel do tempo e relembrar a voz do “locutor-professor”, Oduvaldo Cozzi.
Este radialista é tão importante para a radiofonia esportiva que, no Rio de Janeiro, há um viaduto, que dá acesso ao estádio do Maracanã. Cozzi, era tão ouvido no rádio que, nos anos 1940 a 1970, os bordões que ele utilizava nas narrações eram ouvidos na boca do povo em uma mesa de bar. 
*Esta narração exposta é de um gol de Pelé, pela Seleção Brasileira, acredito eu que seja na Copa de 1970.
Uma boa audição a todos!

Icaraí recebe o cantor Gabriel Novotny

Dia 2 de junho, quinta-feira às 20:00 horas, o sertanejo quente e romântico de Gabriel Novotny ganha voz em uma apresentação mais que especial no Sambanejo do Barkana, em Icaraí, Niterói.

Ao decidir carregar a bandeira da música sertaneja o cantor Gabriel Novotny inovou e modificou a cena musical carioca. Participar de seus shows é dividir com ele as emoções que transbordam nas letras em cada canção. É viajar, embalado por uma das mais belas jovens vozes sertanejas da cidade.

Nestas ocasiões, os fãs do cantor e amantes do sertanejo terão a oportunidade de se deliciar com as pegadas da balada country, do universitário, dos modões, e todas as vertentes do sertanejo, que fazem eco na alma deste talentoso cantor. Sem esquecer, claro, de suas referências musicais que vão do MPB ao Rock.

Em seu repertório destacam-se as músicas: Ainda Ontem Chorei de SaudadeVai VendoIris e Chuva de Arroz. E não para por aí, Gabriel Novotny ainda presenteia seus fãs com um passeio por seus estilos preferidos cantando LilásToda Forma de AmorDo Seu Lado, entre outras, em interpretações profundas e pessoais, onde é nítida sua inigualável marca. Seus fãs ainda terão o prazer de ouvir algumas de suas musicas autorais, como Almas Mascaradas, composta em 2001 e Ao Meu Lado Você, composta em 2015.

SERVIÇO:

Bar: Bakana

Endereço: Rua Gavião Peixoto, 381

Bairro: Icaraí

Cidade: Niterói

Informações e Reservas: (21) 97676-6666

*Lista Promocional (nomes no mural – Evento no Facebook Sambanejo Barkana) até 21h HOMEM R$ 25 ///// MULHER VIP 
Após 21h – HOMEM R$ 30 ///// MULHER R$ 20

 

Hemo-Rio Precisa de Doação de Sangue

O Instituto Estadual de Hematologia Arthur de Siqueira Cavalcanti, mais conhecido por Hemo-Rio, está com estoque baixo de sangue e plaquetas.

Quem tiver disponibilidade em doar sangue e plaquetas, o Hemo-Rio fica na Rua Frei Caneca, número 8, no Centro da Cidade. O seu funcionamento ocorre normalmente das 7 horas da manhã até às 18 horas.

 

HISTÓRICO DO HEMO-RIO

(Fonte:

 http://www.fundacaosaude.rj.gov.br/hemorio/)

Em 1944, foi criado um dos pioneiros bancos de sangue no país e, desde aquela época, apresentava características de hemocentro devido à distribuição de hemoderivados aos hospitais de emergência.

Localizado na Rua Teixeira de Freitas, na Lapa, a equipe iniciou pesquisas e estudos sobre grupos sanguíneos de populações índias e neobrasileiras, resultando em trabalhos científicos publicados no país e no exterior.

Em 1956, o Banco de Sangue de Sangue foi transformado no Instituto de Hematologia. Três anos depois, após cessão de área obtida pelo Hospital Pedro Ernesto, foi instalado o serviço de hematologia com internação hospitalar.

Em 1969, foi concluída a obra do novo prévio em um terreno desapropriado ao lado do Hospital Souza Aguiar e o hospital passou a se chamar Instituto Estadual de Hematologia Arthur de Siqueira Cavalcanti (HEMORIO) em homenagem a este médico, que realizou inúmeros trabalhos na pesquisa do câncer e nas áreas de hematologia e hemoterapia. Desde então, a sede da unidade está localizada na Rua Frei Caneca, n° 08, Centro, Rio de Janeiro.

 

SERVIÇO:

Hemo-Rio

Endereço: Rua Frei Caneca, número 8

Bairro: Centro-Lapa

Telefone: 21 2332-8611/ 2332-8612

O Instituto Trevo e a Sua Missão: Transformar Vidas

A pouco mais de dois meses de realizar os Jogos Olímpicos, o Rio de Janeiro conta com uma instituição incentivadora e que é um exemplo  de como preencher todas as lacunas do esporte, contribuindo não só na preparação e no apoio de atletas, mas também no desenvolvimento humano. E tudo começou em 2009, ano em que a cidade foi escolhida para sediar as Olimpíadas de 2016. Da comunidade Mata Machado ao The Royal Ballet de Londres, a bailarina Mayara Magri viveu momentos de incertezas, surpresas, alegrias e realizações. Depois de decidir, aos oito anos, que a dança seria sua profissão e entrar no projeto social para crianças carentes Dançar a Vida, Mayara teve seu talento reconhecido pelo Instituto Trevo, que teve um papel fundamental para ajudá-la a escrever seu conto de fadas.

O apoio veio através do Fundo de Talentos desenvolvido pelo Instituto Trevo. Mayara se consagrou no GP de Lausanne, na Suíça, em 2011, ganhou uma bolsa de estudos na conceituada The Royal Ballet School de Londres, e em 2012 venceu o GP de Nova York. Desde estão, passou a integrar a maior companhia de balé do mundo, a The Royal Ballet de Londres.

Após três anos de apoio, a bailarina segue o seu próprio caminho e a Trevo tem o orgulho de ter colaborado para o impulso da sua carreira. Mayara tornou-se inspiração para muitas meninas e consciente de seu papel na sociedade, ela quer retornar um dia ao Brasil para ajudar uma outra criança a realizar os seus sonhos. A lição da bailarina é a proposta da Trevo: transformar vidas.

Desde 2009, quando foi criado, o Instituto Trevo investe em projetos de educação, esporte e negócios transformadores no Rio de Janeiro. O ponto de partida foi a criação de programas pontuais de conscientização no combate à dengue.

Em 2011, o Instituto Trevo iniciou uma parceria com o Ginásio Experimental Olímpico (GEO). Trata-se de escolas em tempo integral da rede municipal vocacionadas para o esporte com a finalidade de formar não só o aluno, mas também o atleta e o cidadão. Um modelo inédito no Brasil criado pela Secretaria Municipal de Educação e no qual os alunos que têm aptidão para as modalidades esportivas recebem incentivos e estrutura para desenvolverem suas habilidades. Atualmente, são três unidades: GEO Félix Mieli Venerando, no Caju; GEO Juan Antonio Samaranch, em Santa Teresa; e GEO Dr. Sócrates, em Pedra de Guaratiba. Atualmente, sete ex-alunos do GEO contam com o apoio da Trevo, inclusive, já com títulos estaduais e brasileiros.

A Trevo abriu o primeiro processo de seleção de jovens talentos em 2013 e começou a apoiar três promessas do atletismo. Em 2015 foi criada uma nova marca, a Trevo Esportes, um dos pilares do Instituto, e que tem como objetivo proporcionar aos jovens talentos a possibilidade de desenvolver todo seu potencial e a concretizar seus sonhos na carreira por meio do acompanhamento de uma equipe multidisciplinar, com psicólogos, nutricionistas, fisioterapeutas e médicos esportivos, e também todo o apoio logístico em viagens, além de suplementação e cesta básica. A missão do programa é formar atletas de alto rendimento no contexto do esporte brasileiro.

Concomitantemente foi desenvolvido o programa T.I.M.E – Transformação, Inovação, Motivação e Excelência. A missão é formar não só atletas, mas também líderes inspiradores na sociedade e ajudar a transformar vidas.  A Trevo acredita no ser humano que transcende o atleta.

Em 2015, a Trevo Esportes recebeu cerca de 150 currículos e passou a trabalhar com atletas de alto rendimento (olímpicos e paralímpicos). O processo de seleção é feito em dois níveis. No primeiro, o currículo e resultados são analisados, assim como seu trabalho e metas na temporada. No segundo, observa-se o lado comportamental para que, futuramente, se torne referência para os novos talentos. 

Atualmente, a Trevo Esportes oferece o suporte a 18 atletas. Todos selecionados pelo seu próprio talento, com a proposta e a missão de transformar vidas. Entre eles, Aline Silva, da luta olímpica, já classificada para os Jogos Rio 2016, e os paralímpicos Felipe Gomes, medalha de ouro nos 200m e bronze nos 100m nas Paralímpiadas de Londres 2012, Jhulia Gomes, bronze nos 100m em Londres e no Mundial de Doha (2015) e Diogo Ualisson, ouro no revezamento 4x100m, com recorde das Américas, no Parapan de Toronto, em 2015, e prata nos 200m. Os três têm grandes chances de classificação para as Paralímpiadas do Rio.

Ato Público Pela Valorização do Ensino Médio-A.B.I

Em meio à grave crise política na qual se encontra o país, o movimento secundarista de ocupação das escolas públicas, que ocorre em escala nacional, representa sopro de esperança que não pode ser desperdiçado por falta de atenção da parte dos que se esforçam pela construção de um real estado democrático de direito. Para os professores e pesquisadores que organizam este Ato Público, o movimento abre oportunidade única para repensar o lugar do jovem e da educação pública no país. Por isso o convite aberto a todos os segmentos sociais, em especial a estudantes e profissionais da área da educação, para este Ato de solidariedade aos protagonistas do movimento e de reflexão coletiva sobre seus desdobramentos.

ensino medio-abi junho

 

SERVIÇO:

Ato público pela Valorização do Ensino Médio
Dia: 06/06/2016 – Segunda-feira
Horário: das 18 às 21 horas
Local: Auditório da ABI – Associação Brasileira de Imprensa.
Rua Araújo Porto Alegre, 71 – Rio de Janeiro

 

Áudio do Programa Radiofônico “No Mundo da Bola”- Rádio Nacional e a Estreia de Jota Santiago na Rádio Nacional

Caro Leitor-Ouvinte:
nesta edição, você ouvirá um trecho do áudio em que consta um dos programas pela Rádio nacional, chamado No Mundo da Bola(ainda no ar pela emissora). Neste áudio consta a participação do Apolinho, Washignton Rodrigues, como âncora e os demais radialistas. Ainda no áudio, consta a participação do saudoso Julio Cesar Santana, narrador esportivo neste áudio, pela Nacional, “dando passagem” para a chegada do Jota como narrador pela emissora Nacional.

O Jogador Heleno de Freitas e A Crônica Radiofônica Esportiva

As reportagens esportivas acerca do futebol eram diferenciadas do que a gente acompanha na atualidade. Na década de 1940 havia um craque polêmico chamado Heleno de Freitas.
Não havia assessorias, jogadores sendo entrevistados com respostas ditas prontas e nem restrições com relação aos espaços de anúncios nos jornais. Às vezes o resultado de umcertame aparecia, no máximo, escondido no pé da matéria.

No livro “Nunca Houve um Homem como Heleno”, -sobre o craque nascido São João de Nepopomuceno, em Mina Gerais, e que defendeu o Botafogo e o América carioca, nos anos 1940 e 1950,- o autor Marcos Eduardo Neves, cada estádio havia um lugar apropriado para acomodar os speakers.

Em General Severiano, os narradores se ajeitavam em cabines coladas entre duas torres, na pista, tendo uma visão diagonal, quase que do corner.

Na Gávea(campo do Flamengo), também ao nível do gramado, havia uma espécie de cabine coletiva na lateral próxima à arquibancada, onde todos se aglomeravam para poder transmitir uma partida. Nas laranjeiras(campo do Fluminense), os radialistas subiam em cadeiras especiais. Lá do alto, inseguros, porém com visão privilegiada, irradiavam osmatchs. Já em São Januário(campo do Vasco da Gama, era nas sociais), onde se sentam hoje os sócios proprietários, que se realizavam as pelejas radiofônicas.

Em um Botafogo e Madureira, cuja maior atração era o retorno de Heleno de Freitas aos estádios, estavam no campo do Vasco(o maior até a construção do Maracanã, em 1950), os radialistas Oduvaldo Cozzi e Gagliano Neto estavam preparados para irradiarem esta transmissão.

Havia uma diferença entre a narração entre Cozzi e Gagliano. Cozzi, era conhecido entre os colegas como Professor, por possuir uma narração clara e de fácil compreensão perante aos ouvintes, que numa roda de conversa entre as pessoas, em menos de 30 dias caía na “boca do povo”.

“-Im-pe-di-do”- mandava assim que o bandeira pegasse seu instrumento de trabalho.

“-Pu-niu o juiz!” – se acontecesse alguma falta desleal.

Cozzi criava também expressões que caíam no gosto popular, como “Tapete Verde” e “Patina na Jogada”.

Já Gagliano Neto, por sua vez, era impecável quando abria as transmissões. Tinha sempre na ponta da língua frases de efeito.

“-Céu totalmente azul nesta tarde em São Januário…”

E foi exatamente desta forma que o locutor se comunicou pela primeira vez naquele dia 13 de maio, momentos antes de o Botafogo partir em disparada do vestiário.

O humor dos torcedores é que não ficaria amistoso…

A Saga de Uma Jovem por Um Transplante

Uma mãe brasileira, a jovem moradora de Maricá, Flávia Costa, com 27 anos de idade, tem duas meninas pequenas para criar e uma missão: de continuar vivendo para cuidar das suas  “pequenas”.

Flávia Costa, que passou por 9 cirurgias e convive com a  Síndrome da Pseudo Obstrução Intestinal Idiopática e Intestino Curto, convive com esta doença há muito tempo.

No início de 2014, a paciente conheceu um médico de São Paulo, no  hospital Albert Einstein, que indicou um especialista no caso específico, chamado Doutor Rodrigo Vianna, que clinica e dirige o setor de transplantes do hospital Jackson Memorial, em Miami.

No momento, o que dificulta dela fazer este transplante especificamente é o dinheiro. Mas, pensando nas filhas ainda menores, ela jogou o orgulho “para escanteio” e lançou uma campanha arrecadar fundos para a sua saúde.

Quem quiser saber mais sobre o caso “Flávia Costa” acesse o site: www.salveflaviacosta.com.br   .

e para os que quiserem saber pelo Facebook: “Tratamento Transplante de Intestino Flávia Costa”.

Um abraço,

Isabela Guedes

mariaisabelaguedes@gmail.com

 

 

 

Antiga Abertura do Show de Bola Nacional(Rádio Nacional)

Olá, rádionautas,
aqui vai a antiga abertura do Show de Bola Nacional, veiculada pela Rádio Nacional da Rádio Nacional, que acredito que foi da época do José Carlos Araújo, o Zé, que passou pela 
“Emissora da Praça Mauá”, de 1977 a 1984. 
Ela ficou “encorporada” na “cabeça” do programa até 2005, já que em 2006, o senhor Eugênio Bucci, então diretor da antiga Radiobras, hoje Empresa Brasil de Comunicação(EBC), resolveu extinguir o futebol na emissora até 2009.
A narração é do GRANDE Jair Lemos…

 

Luciana Magalhães abre Unidade do Método Kumon no Posto Seis(Copacabana)

O método de aprendizado japonês Kumon, que serve para todas as idades, chegou ao Brasil em 1994, bolado por um professor de matemática japonês em 1954, Toru Kumon, inicialmente com a aritimética , ganha mais uma unidade em Copacabana.

Toru Kumon e o método que criou no Japão em 1954

A facilitadora Luciana Magalhães, abre a sua unidade no Posto Seis, no dia 2 de junho, quinta feira,  a partir das 19 horas, com cocktail e sorteio de brindes.

SERVIÇO:

Kumon -Unidade Posto Seis

Instrutora: Luciana Magalhães

Endereço: Avenida Nossa Senhora de Copacabana 1226, Sala 301(na altura da Rua Sousa Lima)

Bairro: Copacabana

Matérias: Português e Matemática

Telefone: 21- 2247-0961

Inscrições: kumon.copacabanapostoseis@gmail.com

 

 

Júlio Cézar Braz é Campeão em Rugby sobre Cadeira de Rodas

O para-atleta da cidade de Mesquita, Júlio Cezar Braz, de 25 anos, participou entre os dias 16 a 23 de maio, na cidade de Guarapari, no Espírito Santo, o IX campeonato de Rugby em Cadeiras de Rodas, patrocinado pelo Minas Quad Rugby.

Julio Cézar foi revelado pela  ASSIDEF(Associação de Integração de Deficientes), em Mesquita- Taurus Rugby, que hoje joga pela segunda divisão.

No decorrer do campeonato em solo capichaba, o atleta foi convocado para participar junto com a Seleção Brasileira, em julho próximo, no Metro Cup Internacional, na Polônia, sendo assim, a primeira viagem internacional do atleta mesquitense jogando como profissional.

“Fico muito feliz em levar o nome da minha cidade e do Rio de Janeiro para fora do Brasil, minha meta agora, é ser convocado para os Jogos Paralímpicos Rio 2016”, finalizou assim o atleta.

adef-rugby

Fonte: https://www.facebook.com/assidefmesquita/